Ícone do site suino Brasil, informações suino

Pamplona Alimentos movimenta economia no Alto Vale do Itajaí (SC) com a compra de cereais de inverno

Escrito por: Cândida Azevedo - Doutorado pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"

Iniciativa faz parte do projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural e as Cooperativas de Santa Catarina.

A escassez do milho e, consequentemente, a alta dos preços dos grãos, levou à mobilização da agroindústria e para traçar alternativas que colaborem com o abastecimento da cadeia produtiva. É por isso que o projeto apresentado no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina, acaba de se tornar um case de sucesso, que será compartilhado em todas as regiões do estado.  

 

Trata-se do Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos, realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, com as Cooperativas do Estado e a Pamplona Alimentos. O projeto visa dar solidez à cadeia produtiva, com o plantio de trigo, triticale, aveia e centeio destinados à fabricação de ração e produção de silagem.

Em seu primeiro ano de execução, o projeto apresentou resultados positivos, destacando-se a parceria com a Cravil, em que a Pamplona Alimentos foi responsável por comprar os cereais de inverno dos 400 produtores ligados à cooperativa.

Ao todo, eles produziram 250 mil sacas de trigo e triticale em áreas que antes ficavam ociosas, e que se transformaram em ração animal, reduzindo a demanda por milho.

“Ficamos felizes em colaborar com a idealização desse projeto. Com ele, nós conseguiremos ajudar o agricultor a ter mais uma fonte de renda nessa época do ano, além de oferecer à agroindústria outras matérias-primas para a produção de ração animal. Com muito trabalho e determinação, foi possível realizar e alcançar resultado positivos”, explica Irani Pamplona Peters, presidente da Pamplona Alimentos.  

Os cereais de inverno fazem a economia girar

Os resultados do Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno podem ser vistos na prática na região de Rio do Sul. As estimativas apontam que a produção de trigo e triticale para fabricação de ração gerou um movimento econômico de R$ 50 milhões para o município, recursos que antes seriam utilizados para importação de milho e destinados para outros estados.