Ícone do site suino Brasil, informações suino

Quando os ventos viram tempestades, e novos cálculos de rota se tornam necessários

Escrito por: Luís Rua

Quando os ventos viram tempestades, e novos cálculos de rota se tornam necessários, Luís Rua – Diretor de Mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal, ABPA.

Não há muitos meses vimos uma onda positiva alcançar os produtores de carne suína do Brasil, da granja ao abatedouro. A entrada definitiva da China como principal destino das exportações do setor e a sustentação de preços no mercado interno deram um bom respiro para o suinocultor. Os custos de produção estavam elevados, é verdade, mas os níveis de consumo interno, exportações e produção seguiam em compasso ajustado aos níveis de produção.

 

Os ventos conduziram o setor para avanços históricos. As exportações alcançaram recordes consecutivos, superando o patamar de 1,1 milhão de toneladas em 2021. De 71 mercados, em pouco tempo, graças ao trabalho liderado pela Ministra Tereza Cristina e os esforços dos nossos exportadores, chegamos a 93 países abertos ao nosso produto. A produção seguiu o mesmo compasso e alcançou o patamar de 4,6 milhões de toneladas, um número histórico.

PARA SEGUIR LENDO REGISTRE-SE É TOTALMENTE GRATUITO Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital
CADASTRO
ENTRE EM
SUA CONTA
ENTRAR Perdeu a senha?