Reprodução & Genética

Placenta: Conhecendo o seu papel na determinação do peso de fetos machos e fêmeas – Parte 1

PDF

Para ler mais conteúdos de suínoBrasil 2º Trimestre 2023

agronutri topo janeiro/24

Placenta: Conhecendo o seu papel na determinação do peso de fetos machos e fêmeas – Parte 1

O período gestacional é fundamental na determinação da saúde e desenvolvimento dos leitões. Por outro lado, a manutenção de condições morfológicas e fisiológicas adequadas é essencial para um desenvolvimento pré-natal satisfatório. 

O desenvolvimento no período pré-natal pode ser modulado por vários fatores, tais como: 

  • Genéticos
  • Nutricionais
  • Morfofuncionais do útero e da placenta. 

Quando se encontra sob condições adversas, o feto lança mão de algumas estratégias para sobreviver, entre elas, há uma redução no metabolismo.

Tal redução, faz com que o feto não expresse o seu potencial de crescimento para a idade gestacional, dando origem a uma condição conhecida como restrição intrauterina de crescimento (RIUC).

SUINFAIR 2024

Nesta condição, o fluxo sanguíneo é enviado majoritariamente para o cérebro, órgão chave para a sobrevivência, em detrimento de outros órgãos.

A RIUC é  responsável por altas taxas de mortalidade nas primeiras semanas de vida e pela redução do ganho de peso ao longo do desenvolvimento, o que leva a grandes perdas econômicas para o setor. 

Há evidências de que a insuficiência placentária constitui a principal causa para a ocorrência desta condição na espécie suína, uma vez que o tipo de placenta, epiteliocorial difusa, praticamente não permite o contato entre sangue materno e sangue fetal. 

Assim, caracterizar a arquitetura placentária é de crucial para a compreensão da RIUC e do desenvolvimento adequado da leitegada.

Características estruturais da placenta

A placenta é o principal órgão responsável pela troca de nutrientes, metabólitos e gases respiratórios entre mãe e feto. 

Adicionalmente, produz hormônios, citocinas e outras substâncias que afetam o crescimento e desenvolvimento do concepto durante a gestação. 

A placenta suína é classificada como:

O tipo de placentação epiteliocorial é o tipo mais superficial (não invasivo) e o epitélio uterino permanece intacto durante toda a gestação. 

A placenta epiteliocorial é composta por seis camadas celulares:




PARA SEGUIR LENDO REGISTRE-SE É TOTALMENTE GRATUITO


Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital




CADASTRO




ENTRE EM
SUA CONTA








ENTRAR


Perdeu a senha?




 

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería