Nutrição e Alimentação

Fibra dietética na nutrição de porcas gestantes e lactantes, o que devemos saber?

PDF
Contenido disponible en

Para ler mais conteúdos de SuínoBrasil 3º Trimestre 2021

IPVS suinoBrasil

Os benefícios da adição de fibra dietética na dieta de gestação, estão atrelados aos ácidos graxos de cadeia curta (AGCCs)

 

A suinocultura moderna busca maximizar o desempenho das matrizes suínas, visando o aumento da produção de carne em qualidade e quantidade. E para o sucesso do sistema de produção é necessário atentar-se às principais fases do sistema de produção: a gestação e a lactação.

Essas duas fases são de grande importância, uma vez que o desempenho na fase de gestação e lactação das matrizes suínas reflete no desempenho das fases subsequentes.

Portanto, os cuidados nutricionais das matrizes suínas não devem se limitar apenas na gestação, mas sim ao longo da vida produtiva, respeitando a exigência nutricional de cada fase (SOLÀ-ORIOL e GASA, 2017).

agriNews FM pt

O progresso da nutrição das matrizes suínas deve-se principalmente pela necessidade de adequar os programas nutricionais ao potencial genético, e ao nível de produção das fêmeas disponíveis atualmente no mercado (GAILLARD et al., 2019).

Além disso, possuem menor reserva corporal de gordura, o que por consequência apresentam maior perda da condição corporal, resultando na redução da produtividade e em falhas reprodutivas (KIM et al., 2015b).

O uso de fibras como estratégia nutricional tem sido constantemente estudado, com o intuito de otimizar os índices zootécnicos e econômicos na produção animal.

A fibra pode ser denominada como um conjunto de carboidratos estruturais que compõem a parede celular das plantas. Destacam-se os polissacarídeos não amiláceos (PNAs), pectinas, celulose, hemiceluloses, β-glucanos, frutanos e os compostos fenólicos como a lignina, por exemplo.

É considerada como a parte do alimento não digerido por enzimas produzidas pelo trato digestório de animais não-ruminantes, porém hidrolisada no intestino grosso por meio da fermentação microbiana (SAKOMURA, 2014).

Os não-ruminantes em geral, são limitados a digestão das fibras devido à ausência de celulases no trato digestório (MOLIST et al., 2009).




PARA SEGUIR LENDO REGISTRE-SE É TOTALMENTE GRATUITO


Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital




CADASTRO




ENTRE EM
SUA CONTA








ENTRAR


Perdeu a senha?




 

Fibra dietética na nutrição de porcas gestantes e lactantes, o que devemos saber?

Fibra dietética na nutrição de porcas gestantes e lactantes, o que devemos saber?

MAIS SOBRE Nutrição e Alimentação

ESCUTE A REVISTA EM agriFM

agriFM

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería