22 out 2021

BRF conquista cinco novas habilitações para exportar para Singapura

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, recebeu cinco novas habilitações para exportar seus produtos para Singapura. Saiba mais!

BRF conquista cinco novas habilitações para exportar para Singapura

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, recebeu cinco novas habilitações para exportar seus produtos para Singapura.

 

A partir das unidades de Uberlândia (MG), Concórdia (SC), Lajeado (RS) e Herval D´Oeste (SC), a Companhia irá comercializar miúdos de suínos. Já a unidade de Lucas do Rio Verde (MT) obteve autorização para a venda de suínos e seus miúdos. Este movimento reforça a estratégia de aumentar a participação dos produtos da empresa no mercado asiático, onde a Companhia já exporta para China, Japão, Vietnã, Coreia do Sul, Malásia e Filipinas, entre outros mercados.

CHR-HANSEN Siavs 2022

 

“Continuamos trabalhando para ampliar o número de unidades habilitadas para exportação, com o intuito de atender a demanda em Singapura e demais mercados do sudeste da Ásia, que apresentaram crescimento do consumo de proteína animal”, afirma Luiz Tavares, gerente executivo de Relações Institucionais da Companhia.

A unidade de Uberlândia, que conta sete mil colaboradores, recebeu investimentos este ano para um processo de modernização e ampliação da capacidade de produção. Na planta, são produzidos cortes de suínos e aves para diversos países asiáticos, além do Oriente Médio e América Latina.

 

Em Lucas do Rio Verde, uma das maiores unidades da América Latina, há linhas de produção importantes que atendem tanto o mercado nacional, quanto países na Ásia, África e América Latina.

No sul do país, a partir de Lajeado, são exportados produtos de suínos e frangos para Ásia, América Latina, África do Sul e Oriente Médio.

Já a unidade de Concórdia exporta cortes de suínos para Filipinas, Hong Kong e Vietnã, no sudeste da Ásia, e para a África do Sul.

Em Herval D`Oeste, a planta tem habilitações para cortes suínos que são destinados para África do Sul, Albânia, Argentina, Hong Kong, Paraguai, Uruguai e Vietnã.

 

Fonte: Assessoria de imprensa.

Relacionado com Exportações

REVISTA SUÍNO BRASIL

Suscribete ahora a la revista técnica de avicultura

EDIÇÃO Revista SuínoBrasil 2º Trimestre 2022
IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida
Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Cândida Azevedo Henrique Cancian
Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Equipe Adisseo
Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Amanda G. S. Daniel Roberto M. C. Guedes
Nutrição sustentável de suínos

Nutrição sustentável de suínos

Carlos Alexandre Granghelli Cristiane Soares da Silva Araújo Lúcio Francelino Araújo Luiz Antônio Vitagliano
Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

João Paulo Zuffo Jônatas Wolf Ricardo Yuiti Nagae
Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Equipe técnica de suínos da Vetanco
A evolução da suinocultura brasileira e a  importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

A evolução da suinocultura brasileira e a importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

Luciano Roppa
A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

Ana Luísa Neves Alvarenga Dias Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Letícia Pinheiro Moreira Thais Garcia Santos
Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

César Augusto Pospissil Garbossa
Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Wagner Yanaguizawa

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería