17 mar 2021

Pamplona prepara investimento milionário para ampliar frigorífico

A Pamplona Alimentos vai dobrar de tamanho o frigorífico da empresa mantido em Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí. Clique aqui e confira os detalhes dessa ampliação!

Pamplona prepara investimento milionário para ampliar frigorífico

A Pamplona Alimentos vai dobrar de tamanho o frigorífico da empresa mantido em Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí. A área industrial construída, hoje de 13,7 mil metros quadrados, vai ganhar mais 13,2 mil metros quadrados. A ampliação faz parte de um projeto para reforçar a capacidade produtiva na cidade, com investimento estimado em R$ 359 milhões e geração de 850 novos empregos.

Frigorífico da empresa mantido em Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí.

Em Presidente Getúlio, a Pamplona produz presuntos, mortadelas, bacon e peças temperadas embaladas à vácuo, entre outros produtos que abastecem os mercados nacional e internacional. Com a ampliação, a unidade passará a ter uma capacidade diária de abate de 6 mil suínos.

Siavs 2022 Ipvs 2022

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) emitiu no dia 5 de março a licença ambiental prévia (LAP), primeiro documento necessário para ampliações industriais dessa natureza. A licença atesta a viabilidade ambiental do empreendimento. 

Está pautada para ser votada nesta terça-feira (16), na Comissão Central de Licenciamento Ambiental, a análise da licença ambiental de instalação (LAI), que abre caminho para o início das obras. Depois ainda é necessária a licença ambiental de operação (LAO), para o começo das atividades.

Sobre a empresa

A Pamplona Alimentos S/A, sociedade anônima de capital fechado, foi fundada em 03 de maio de 1948, pelo Sr. Lauro Pamplona e sua esposa Sra. Ana Pamplona.

A empresa teve sua origem no município de Agronômica, no estado de Santa Catarina, e em 1963 sob o nome de Açougue Riossulense Ltda., dedicava-se exclusivamente ao abate e comercialização de carne bovina.

Com o mercado interno em crescimento, a empresa sentiu a necessidade de ampliar o seu parque industrial. Em função disto, foi adquirido em 1989 outro frigorífico no município de Presidente Getúlio/SC. Esta aquisição permitiu que a capacidade de produção e de armazenagem da empresa fosse ampliada significativamente.

A empresa adquiriu o status de Granja Certificada em 2002, com a certificação das granjas localizadas nos municípios de Laurentino e Ituporanga, ambas no estado catarinense. São unidades produtoras que atendem às exigências da Instrução Normativa SDA (Secretaria de Defesa Agropecuária), produzindo animais de genética apurada e com elevado grau de sanidade.

A Pamplona possui ainda uma fábrica de rações, localizada no município de Laurentino/SC, responsável pela produção de rações e concentrados que suprem a necessidade do seu plantel e também a comercialização das Rações Pamplona.

Fonte: NSC Total e Pamplona Alimentos.

Relacionado com Investimentos

REVISTA SUÍNO BRASIL

Suscribete ahora a la revista técnica de avicultura

EDIÇÃO Revista SuínoBrasil 2º Trimestre 2022
IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida
Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Cândida Azevedo Henrique Cancian
Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Equipe Adisseo
Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Amanda G. S. Daniel Roberto M. C. Guedes
Nutrição sustentável de suínos

Nutrição sustentável de suínos

Carlos Alexandre Granghelli Cristiane Soares da Silva Araújo Lúcio Francelino Araújo Luiz Antônio Vitagliano
Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

João Paulo Zuffo Jônatas Wolf Ricardo Yuiti Nagae
Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Equipe técnica de suínos da Vetanco
A evolução da suinocultura brasileira e a  importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

A evolução da suinocultura brasileira e a importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

Luciano Roppa
A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

Ana Luísa Neves Alvarenga Dias Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Letícia Pinheiro Moreira Thais Garcia Santos
Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

César Augusto Pospissil Garbossa
Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Wagner Yanaguizawa

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería