13 jul 2020

ABCS pede apoio para Normativa de bem-estar animal

Nesta segunda-feira (13/07) a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) juntamente com a Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS) protocolaram junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento uma manifestação de apoio para a publicação da Instrução Normativa de bem-estar animal (BEA) em suínos.

ABCS pede apoio para Normativa de bem-estar animal

Nesta segunda-feira (13/07) a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) juntamente com a Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS) protocolaram junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento uma manifestação de apoio para a publicação da Instrução Normativa de bem-estar animal (BEA) em suínos. O presidente da ABCS, Marcelo Lopes explica que a norma auxiliará no avanço do setor privado para promover as melhorias nas granjas, que ainda estão no processo de adequação e transição.

(ABCS) juntamente com a Associação Brasileira das Empresas de ABCS e ABEGS protocolaram junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento uma manifestação de apoio para a publicação da Instrução Normativa de bem-estar animal (BEA) em suínos.A futura normativa será um importante balizador para as boas práticas na suinocultura brasileira.

Marcelo Lopes. Presidente da ABCS.

agriNews FM pt Advista

 

“Nosso objetivo com esse documento é oficializar nossa preocupação à pasta sobre o tema. Queremos garantir, por meio do MAPA, a segurança jurídica aos produtores e o alinhamento da cadeia suinícola com as adequações de bem-estar animal, associada ao mercado consumidor”, ressalta Marcelo Lopes.

 

A IN foi finalizada em 2018 e organizada pelo Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e da Produção Sustentável do MAPA. Sempre atuante no tema, desde que o assunto vem sendo debatido pela pasta, ABCS integrou o grupo de trabalho que elaborou a Minuta de Norma de bem-estar animal para a suinocultura, juntamente com outras entidades. Para a diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke, a futura normativa será um importante balizador para as boas práticas na suinocultura brasileira.

Charli Ludkte, diretora técnica da ABCS.

 

“A norma dará um longo prazo para promover a mudança da gestação individual para um sistema de alojamento coletivo e tem sido exigido em muitos países, assim como, visa aprimorar a adoção das boas práticas e do bem-estar animal e orientar o suinocultor no processo de adequação em todas as fases da produção, ou seja, ela é orientativa”, pondera Ludtke.

 

O Brasil como quarto maior produtor e quarto maior exportador de carne suína deve ter uma norma que qualifique a produção e ampare seus produtores em alinhamento com o mercado globalizado

“A Normativa de BEA é um modelo legal para assegurar ,ainda mais, a qualidade e eficiência da nossa produção”, afirma o presidente da ABCS.

ABCS, protagonista em treinamento de BEA em parceria com o MAPA

Desde 2014, o MAPA e a ABCS, formalizaram um termo de cooperação técnica para promover a sustentabilidade da cadeia produtiva e contaram com o apoio de diversos pesquisadores da Embrapa Suínos e Aves. Durante esses anos, foram realizados eventos nos principais encontros técnicos e publicados materiais orientativos que foram disponibilizados gratuitamente nos treinamentos e no site da ABCS. Ao todo, foram mais de 5 mil profissionais capacitados, entre eles  produtores e colaboradores de agroindústrias e cooperativas do Brasil. Para a diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke, a ABCS tem trabalhado para  promover materiais técnicos, capacitações e orientações para todo o setor visando fomentar as boas práticas na suinocultura, e assegurar a produção de alimentos mais seguros, rentáveis e competitivos.

Fonte: ABCS

Relacionado com Legislação

REVISTA SUÍNO BRASIL

Suscribete ahora a la revista técnica de avicultura

EDIÇÃO Revista SuínoBrasil 2º Trimestre 2022
IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida
Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Cândida Azevedo Henrique Cancian
Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Equipe Adisseo
Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Amanda G. S. Daniel Roberto M. C. Guedes
Nutrição sustentável de suínos

Nutrição sustentável de suínos

Carlos Alexandre Granghelli Cristiane Soares da Silva Araújo Lúcio Francelino Araújo Luiz Antônio Vitagliano
Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

João Paulo Zuffo Jônatas Wolf Ricardo Yuiti Nagae
Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Equipe técnica de suínos da Vetanco
A evolução da suinocultura brasileira e a  importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

A evolução da suinocultura brasileira e a importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

Luciano Roppa
A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

Ana Luísa Neves Alvarenga Dias Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Letícia Pinheiro Moreira Thais Garcia Santos
Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

César Augusto Pospissil Garbossa
Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Wagner Yanaguizawa

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería