30 nov 2021

Solução inovadora elimina a micotoxina Zearalenona de forma instantânea e eficaz

Empresa de soluções naturais para nutrição animal do grupo DSM, a Biomin anuncia sua nova solução para proteção dos animais contra problemas reprodutivos causados pela Zearalenona “As micotoxinas têm custo elevado para a cadeia de grãos e, consequentemente, para a produção de proteínas animais. Na presença de micotoxinas, o sistema imunológico, o fígado e a […]

Solução inovadora elimina a micotoxina Zearalenona de forma instantânea e eficaz

Empresa de soluções naturais para nutrição animal do grupo DSM, a Biomin anuncia sua nova solução para proteção dos animais contra problemas reprodutivos causados pela Zearalenona

“As micotoxinas têm custo elevado para a cadeia de grãos e, consequentemente, para a produção de proteínas animais. Na presença de micotoxinas, o sistema imunológico, o fígado e a barreira intestinal dos animais podem ser comprometidos, afetando negativamente sua saúde e o desempenho zootécnico. Até recentemente, havia no mercado somente soluções que sequestram micotoxinas, conhecidas como adsorventes, que minimizaram esses danos. Porém, estudos comprovam que apenas a adsorção não é suficiente para o controle das diferentes substâncias tóxicas presentes nos sistemas de produção atualmente”, explica Verena Starkl, gerente de produto global da Biomin, ao anunciar a chegada ao Brasil da enzima purificada Mycofix® Plus 5.Z.

Solução inovadora elimina a micotoxina Zearalenona de forma instantânea e eficaz

 

agriNews FM pt Vetanco SuinoBrasil

Ela complementa que, como as micotoxinas variam em efeitos e estruturas moleculares, uma única solução não é capaz de proteger o organismo dos animais.

“A gestão de risco de micotoxinas requer mais de uma ferramenta para o combate às substâncias tóxicas produzidas por fungos”, reforça Verena.

“Vamos pegar como exemplo a Zearalenona (ZEN), uma das micotoxinas mais comuns em insumos para alimentação animal em todo o mundo. Semelhante ao estrogênio, sua ação interfere no receptor do hormônio, dando início a uma série de sintomas chamados de hiperestrogenismo, que variam de espécie para espécie. A exposição contínua dos animais à ZEN leva a alterações patológicas no sistema reprodutivo, causando diminuição dos índices de fertilidade em fêmeas e machos”.

Como afeta a reprodução dos animais, a contaminação de ZEN tem importância econômica a curto prazo. Sem controle efetivo, o problema pode se estender por longo período.

Apesar da ZEN afetar diferentes espécies, a especialista da Biomin informa que existem diferenças em relação à vulnerabilidade com que cada animal reage, de acordo com absorção, distribuição, metabolismo e eliminação da micotoxina. “A suinocultura é um exemplo de atividade com maior suscetibilidade aos efeitos da Zearalenona. Os suínos são particularmente sensíveis, pois a biodisponibilidade de ZEN é muito alta, atingindo a circulação sistêmica. Após a ingestão do insumo ou ração contaminada, a micotoxina é convertida em α- e β-zearalenol (α-ZEL e β-ZEL) no fígado ou nas células intestinais. Nessa forma, a toxicidade é ainda maior do que a estrutura da zearalenona original”, explica a Verena Starkl.

 

Em aves, a zearalenona afeta a qualidade do ovo e pode aumentar a mortalidade embrionária, consequentemente reduzindo a eclodibilidade. Em geral, os perus são os mais sensíveis, seguidos das matrizes de corte, poedeiras e patos. Já nos ruminantes, devido às particularidades do seu sistema digestivo, sua capacidade de metabolizar micotoxinas em geral é maior. “Mas no caso da ZEN essa característica não ajuda muito, devido à metabolização da substância tóxica no fígado e intestino dos bovinos”.

Mycofix 5.Z, enzima purificada que combate a Zen com eficácia

A Biomin anuncia a chegada ao mercado brasileiro da enzima purificada ZENzyme®, comprovadamente eficaz contra a Zearalenona .

“Desenvolver uma solução enzimática com características específicas para o controle de ZEN requer muito tempo, pesquisas e investimentos. Primeiro, é preciso encontrar um micro-organismo natural que possa degradá-la. Uma vez encontrado, a enzima catalisa essa degradação específica de ZEN. Isolada do micro-organismo, a enzima teve suas características aperfeiçoadas até poder ser produzida em grandes quantidades”, aponta Verena.

Segundo a especialista da Biomin, são três os principais benefícios do uso de enzimas purificadas para a desintoxicação de ZEN. “A biotransformação enzimática é muito mais rápida e, nesse caso, podemos afirmar que é imediata quando comparada a outras estratégias de controle. A reação do produto é tão específica que biotransforma apenas a Zearalenona, sem afetar as propriedades nutricionais ou qualidade do alimento. Por último e não menos importante: o processo é irreversível, ou seja, os metabólitos perdem sua toxicidade e não podem recuperá-la”.

Mycofix® Plus 5.Z contém ZENzyme®, enzima que neutraliza um amplo espectro de micotoxinas usando ingredientes naturais patenteados e autorizados na União Europeia. Além de degradar a Zeralenona, a nova solução da Biomin apoia os produtores com alta tecnologia, pois protege o fígado e o sistema imunológico dos animais, mantendo a integridade gastrointestinal. A eficácia do princípio ativo do novo Mycofix® Plus 5.Z foi testada in vitro e in vivo, sob condições controladas com biomarcadores. Dessa forma, é possível confirmar que a molécula começa a degradar a ZEN em alimentos quando há mais de 20% de umidade no ambiente, além de reduzir significativamente sua presença em animais.

“Em suínos, os resultados foram comprovados por meio da quantidade de metabólitos não-tóxicos produzidos nas fezes. Já nas vacas leiteiras, foi detectada a alta degradação da substância no rúmen. Em aves, o metabólito não-tóxico foi detectado no esôfago. Todos os experimentos comprovam que ZENzyme® é altamente eficaz para a desintoxicação por Zearalenona e é o futuro do controle de micotoxinas. Estamos muito animados em ser a primeira empresa a desenvolver uma tecnologia que possibilite aos produtores a segurança durante a fase reprodutiva dos animais”, completa a gerente de produto da Biomin.

Fonte: Assessoria de imprensa.

Relacionado com Nutrição e Alimentação

REVISTA SUÍNO BRASIL

Suscribete ahora a la revista técnica de avicultura

EDIÇÃO Revista SuínoBrasil 2º Trimestre 2022
IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

IPVS 2022 novas perspectivas da suinocultura: biossegurança, produtividade e inovação

Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida
Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Intestino, o maior órgão imune do organismo – Parte 1

Cândida Azevedo Henrique Cancian
Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Complexos multi-enzimáticos melhoram a digestibilidade e desempenho nos suínos

Equipe Adisseo
Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Diversidade microbiana intestinal de suínos e quadros de disenteria suína

Amanda G. S. Daniel Roberto M. C. Guedes
Nutrição sustentável de suínos

Nutrição sustentável de suínos

Carlos Alexandre Granghelli Cristiane Soares da Silva Araújo Lúcio Francelino Araújo Luiz Antônio Vitagliano
Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

Rotavirose suína: epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico e controle da doença

João Paulo Zuffo Jônatas Wolf Ricardo Yuiti Nagae
Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Encontro Regional ABRAVES-PR 2022

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Avaliação da eficácia de um inativador de micotoxinas frente a um adsorvente em leitões na fase de creche

Equipe técnica de suínos da Vetanco
A evolução da suinocultura brasileira e a  importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

A evolução da suinocultura brasileira e a importância da realização do 10º IPVS (International Pig Veterinary Society) em 1988

Luciano Roppa
A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

A vida intrauterina pode influenciar o desenvolvimento gastrointestinal dos suínos?

Ana Luísa Neves Alvarenga Dias Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Fernanda Radicchi Campos Lobato de Almeida Letícia Pinheiro Moreira Thais Garcia Santos
Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

Fêmeas hiperprolíficas: existe manejo ideal durante a lactação?

César Augusto Pospissil Garbossa
Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Desequilíbrio entre a oferta e demanda de carne suína e os impactos na rentabilidade do setor

Wagner Yanaguizawa

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería