02 mar 2022

Suinocultura de MT pede socorro

A suinocultura no estado do Mato Grosso passa por dificuldades e o grande vilão é, mais uma vez, o custo de produção. Acesse a notícia e saiba os passos dados pela Acrismat para tentar conter esse problema.

Suinocultura de MT pede socorro

Suinocultura de MT pede socorro

Texto de autoria de Itamar Canossa, suinocultor, presidente do Fórum Agro MT e da Acrismat

Sabemos que a suinocultura é uma atividade que passa por crises sazonais e que os produtores estão de certa forma calejados e com a casca grossa para atravessar esses períodos difíceis. No entanto, a mais recente, que iniciou no último semestre do ano passado e se agravou nas últimas semanas, tem causado prejuízos a todos os suinocultores que, com muita dificuldade, continuam na atividade.

Suinocultura de MT pede socorro
agriNews FM pt Siavs 2022

Suinocultura de MT pede socorro

O principal problema que afeta o setor e grande vilão é, mais uma vez, o custo de produção. O milho e o farelo de soja, dois dos principais componentes da ração fornecida aos animais encareceram muito nos últimos meses e para piorar, o preço pago ao suinocultor por quilo do animal vivo estava muito aquém do valor ideal, e isso perdura por longas semanas, o que penaliza financeiramente o produtor a cada dia que passa.

Itamar Canossa, presidente do Fórum Agro MT  – Suinocultura de MT pede socorro.

Em meados de janeiro, aqui em Mato Grosso, produtores relataram prejuízos de aproximadamente R$ 180 por animal enviado para abate. Duas semanas mais tarde, já em fevereiro, a situação piorou e as perdas chegaram perto de R$ 300 por animal vendido, isso levando em consideração um animal com peso aproximado de 130 kg.

A situação é ruim em todos os estados produtores. Em São Paulo, na primeira semana de fevereiro, produtores relataram perda superior a R$ 360 por animal vendido com 110 kg. Com a leve alta nas últimas semanas no preço pago ao produtor, esse prejuízo diminuiu, mas ainda é superior a R$ 170.

No Paraná, um dos maiores produtores de suínos do país, a situação não é diferente. De acordo com estimativas da Associação Paranaense de Suinocultores, para alguns produtores o custo de produção para um suíno de 100 kg é de R$ 780, mas a venda do animal está na faixa dos R$ 400, um prejuízo de R$ 380 por cabeça.

Em busca de uma solução para o setor, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), e outras entidades como o Fórum Agro MT e a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) participaram de uma audiência com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, em Brasília. Na oportunidade, os representantes solicitaram medidas emergenciais para minimizar os efeitos causados pelo alto custo de produção e ao baixo preço pago aos suinocultores pelo quilo do animal.

Com a água no pescoço e trabalhando no vermelho há alguns meses, grande parte dos produtores não conseguiu honrar seus compromissos e por isso, solicitamos a prorrogação do prazo de pagamento dos custeios pecuários conforme Manual de Crédito Rural, inclusive com a inclusão de parcelas já vencidas, para dar um fôlego imediato aos suinocultores. Além do pedido da reativação da linha de crédito de custeio, direcionada para a Retenção de Matrizes Suínas e a concessão de limite de crédito. 

No âmbito estadual, recorremos ao Governo de Mato Grosso, e pedimos medidas emergenciais para conter a crise, como a inclusão de novas finalidades da atividade no Programa de Desenvolvimento Rural de Mato Grosso (Proder) e a redução do ICMS para frigoríficos na comercialização da carne suína. Ainda não conseguimos um retorno dessas demandas e vamos continuar a articulação para uma resposta positiva.

Sabemos da importância do nosso segmento para a economia do Estado e do país. Somente em Mato Grosso, mais de 10 mil empregos diretos são gerados envolvidos na suinocultura. Manter a cadeia da suinocultura sustentável é manter famílias empregadas e levar alimento à mesa de milhões de pessoas ao redor do mundo.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Relacionado com Custos de produção

REVISTA SUÍNO BRASIL

Suscribete ahora a la revista técnica de avicultura

EDIÇÃO Revista SuínoBrasil 2º Trimestre 2022

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE SUÍNA

Acesso aos artigos em PDF
Informe-se com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente na versão digital

DESCUBRA
AgriFM - Los podcast del sector ganadero en español
agriCalendar - El calendario de eventos del mundo agroganaderoagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formación para el sector de la ganadería